Movimentos Essenciais é uma aprendizagem teórico-vivencial de desenvolvimento pessoal e coletivo

é UMA INTEGRAÇÃO DA SABEDORIA DE TRADIÇÕES MILENARES E SUAS VERSÕES CONTEMPORÂNEAS APLICADA AO DESENVOLVIMENTO SOCIAL

“Nenhum futuro evolutivo aguarda a pessoa se não for em associação com os demais”
Teilhard de Chardin

Movimentos Essenciais aponta para uma criação colaborativa na qual todas as instâncias interagem, trocam conhecimento e se enriquecem mutuamente, a partir do respeito e do cuidado, celebrando as diferenças

Movimentos Essenciais busca enriquecer o indivíduo, trazendo ordem e harmonia ao sistema, familiar ou organizacional* de forma que cada pessoa se conecte com sua força e desenvolva livremente seu potencial

Esta aprendizagem acontece através de CAPACITAÇÕES, WORKSHOPS E COM PROJETOS ESPECÍFICOS DE EMPODERAMENTO DE COMUNIDADES, COM O OBJETIVO DE PROMOVER TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

“Só o poder que renasce da fraqueza dos oprimidos será forte o suficiente para libertá-los”
Visão social de opressores e oprimidos, de Paulo Freire

Movimentos Essenciais trabalha no resgate da conexão com nosso propósito de vida, nos possibilitando perceber e assumir nossa própria história como parte de um sistema familiar, com tudo o que ele traz “de fácil e de difícil”

UM CONVITE PARA NOS ABRIRMOS À RIQUEZA QUE EXISTE EM TODA EXPERIÊNCIA, DOLOROSA OU difícil que SEJA

“Somente aqueles que se defrontam com as forças obscuras e as aceitam, permancem em contato com as próprias raízes e com as fontes de sua própria força”
- Bert Hellinger

EM TUDO AQUILO QUE RECHAÇAMOS HÁ UMA GRANDE RIQUEZA, NAQUILO QUE EXCLUÍMOS, UM TESOURO!


COMO OLHAMOS AFETA O OLHADO.
ESTA VERDADE NOS CONVIDA A NOS RESPONSABILIZARMOS PELA NOSSA PARTE DA CRIAÇÃO

As dificuldades e os medos surgem na exata medida em que projetamos sobre os outros nossos problemas e os consideramos responsáveis pela nossa infelicidade
Pathwork

Movimentos Essenciais nos lembra que necessitamos integrar sem excluir, diferenciar sem separar. E transformar nosso olhar diante daquilo que rejeitamos, escondemos ou marginalizamos para conquistar relações mais harmônicas, potentes e colaborativas

NÃO HÁ NADA QUE FAÇA SOFRER MAIS A ALMA DO QUE NÃO PODER DAR O MELHOR DE SI MESMA

Movimentos Essenciais é uma aprendizagem que nos permite reconhecer como afetamos e somos afetados pela trama social, porque muitas vezes, sem sermos conscientes, criamos o oposto do que desejamos conscientemente para nós e nosso entorno




“Pensamentos e sentimentos criam, mesmo quando não são levados à ação”
Pathwork

Movimentos Essenciais é dirigido a todas as pessoas, independente de seu nível de instrução ou sua atividade profissional e à instituições empresas e governos, que buscam  gerar transformação social através de suas propostas

Inscreva-se em nossa newsletter

Imprimir

Programa

Focando nossa tarefa*
Uma aprendizagem teórico-vivencial de desenvolvimento pessoal e coletivo


Módulo 1

De onde vem a força?
Uma nova maneira de olhar

Objetivo: compreender o alcance dos ME – a percepção sistêmica e o olhar fenomenológico. Reconhecer de onde vem minha força e de onde vem a dos de outros.
O que é um sistema? Princípios básicos e funcionamento
As diferentes lentes através das quais nós olhamos, nos aproximamos do outro e da vida: o olhar fenomenológico; Princípios da Física Quântica
O que é que realmente nos move? Consciência pessoal, sistêmica, a famîlia, Espírito/Mente
Me apropriar da minha força: tomar os pais
Quem pertence a um sistema: inclusão e exclusão
Ordem e desordem em um sistema e suas consequências.
Atitude interna: ver o outro com sua força. Ordem da ajuda: de quem é a necessidade?

 

 

Módulo 2

Desenvolver um relacionamento saudável com o nosso observador interno e o centro vazio

Objetivo: A vida pode ser percebida como uma força benigna.
Função do ego em relação ao Ser Real
Desenvolver um observador saudável
Os múltiplos “eus” que me habitam
Recuperar energia de situações não resolvidas no passado A riqueza do centro vazio.
Atitude interna: com que olhos eu olho para mim?
Ordem da ajuda: Quem foi mais fortalecido depois da minha intervenção?

 

 

Módulo 3

Da consciência do “eu” para a consciência do “Nós”

Objetivo: reconhecer meus dons e fortalezas a serviço do espírito colaborativo.

O que possibilita e o que limita o espírito colaborativo
Como eu reconheço os meus dons a partir do outro Reconhecer a minha grandeza e a dos outros
Desgaste pessoal e laboral. Síndrome de “burn out” no trabalho Limites saudáveis
O tecido amoroso que nos sustenta.
Atitude interna: a serviço do que está a minha tarefa?
Ordem da ajuda: Não posso esperar receber o que o outro não tem para me dar, nem tomar o que eu não preciso.

 

Referencial Teórico de Aprofundamento

– Pathwork, a Visão Integradora do Ser Humano

– Constelações, de Bert Hellinger

– Teoria Geral de Sistemas (GST), de Ludwig von Bertalanffy

– A Teoria dos Campos Morfogenéticos, de Rupert Sheldrake

– A Fenomenologia, de Edmund Husserl
- Física Quântica, de Fritjof Capra

– Teoria do Cuidado, de Leonardo Boff e Bernardo Toro

– Visão Social dos Opressores e Oprimidos, de Paulo Freire

 

 

 

 

Coordenação:

Claudia Boatti, criadora dos Movimentos Essenciais, treinadora de formadores de Pathwotrk e Constelações Sistêmicas Familiares e Organizacionais.
Renate Müller, psicóloga CRP/RS 07/08944, bacharel em Comunicação Social pela PUC/RS, Helper de Pathwork e Consteladora Sistêmica e Organizacional

 

 

 

Modalidades da capacitação anual
A capacitação é constituída de 3 módulos:

-Quinta-feira, Sexta e Sábado – das 9hs às 18hs

-Domingo – das 9h às 14h

 

Entre um módulo e outro deverá ser realizado um trabalho de campo (10 horas). Cada módulo inclui uma o cina/ workshop aberto ao público (4 horas).
A carga horária da capacitação é de 87 horas mais 30 horas de trabalho de campo, totalizando 117 horas. Certi cação: para obter a certi cação é necessária a participação de 85% da capacitação e ter entregue todos os trabalho de campo.

 

Valor: Rs 1.200 – por módulo
O valor deverá estar quitado no inicio de cada módulo. As representantes de organizações sociais que querem participar e apresentarem algum impedimento pode falar com a coordenação local.

 

 

*Declarada de interesse Municipal (decreto Num 808 2013/14 Num 652 2014/15 e Num 703 2015/16) pelo trabalho desenvolvido na Secretaria de “Infancia, Adolescencia y Familia” do Municipio de San Isidro, Provincia de Buenos Aires, Argentina.